Home > Notícias > Cultura > AMM tem representação no Conselho Estadual de Cultura

AMM tem representação no Conselho Estadual de Cultura

A Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM é uma das instituições que integram o Conselho Estadual de Cultura, cujos membros foram empossados nesta quarta-feira (26), para um mandato de quatro anos (2017/2020). A solenidade foi realizada no Cine Teatro Cuiabá e contou com a participação do governador Pedro Taques, do secretário de Cultura, Leandro Carvalho, da representante do ministério da Cultura, Layanne Campos, entre outros.

O Conselho é um órgão colegiado deliberativo de composição paritária, integrante do Sistema Estadual de Cultura, vinculado à Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e composto por 28 membros titulares e seus respectivos suplentes, representantes do poder público, segmentos culturais (artes cênicas, visuais, audiovisual, cultura tradicional e étnico-cultural, humanidades, música, patrimônio histórico e cultural, pontos de cultura) e dos seis territórios mato-grossenses que são: Teles Pires, Juruena, Paraguai-Guaporé, Cuiabá, Vermelho e Araguaia.

Entre as atribuições do Conselho estão: contribuir para o cumprimento das diretrizes, objetivos e desenvolvimento da política estadual de cultura; acompanhar a implantação e implementação do Plano Estadual de Cultura; deliberar sobre programas de apoio e fomento à cultura do Estado de Mato Grosso; fiscalizar a aplicação dos recursos dos programas de apoio e fomento à cultura no estado; acompanhar a institucionalização e funcionamento do Sistema Estadual de Cultura; propor medidas de estímulo, amparo, valorização e difusão da cultura, bem como de proteção dos bens culturais de Mato Grosso, entre outros.

O representante da  AMM no Conselho é o assessor da instituição, José Antonio Pinheiro, que destacou que uma das prioridades será fortalecer a política cultural nos municípios e apoiar projetos que fomentem a cultura local.

Na ocasião também houve a posse dos integrantes da Comissão Intergestora Bipartite (CIB), que faz parte da estrutura do Sistema Estadual de Cultura e atua dentro da dinâmica de articulação e deliberação do Sistema. Tem ainda a função de assessoria técnica do Conselho para definir e pactuar mecanismos e critérios transparentes de implantação do Sistema Estadual de Cultura.

por Agência de Notícias da AMM com informações da Secretaria de Estado de Cultura | Colaboradores: Foto: Vidal de Alencar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *